Já tem uma conta?

Translate this blog

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons nas seguintes condições: você pode copiar, distribuir e utilizar livremente, desde que cite a autoria com link para o artigo neste blog, não o utilize com finalidade comercial e não faça modificações no conteúdo.

02 julho 2008

Acerca dos eleitos - 6


Respostas de Francisco Leonardo Schalkwijk, doutor em história e pastor emérito da Igreja Evangélica Reformada, por 40 anos missionário no Brasil. É autor de Confissão de Um Peregrino — para entender a eleição e o livre-arbítrio, que acaba de ser lançado pela Editora Ultimato.

Se Jesus morreu por todos, como Paulo afirma (2 Co 5.15), por que só os eleitos são beneficiados por sua morte vicária?

Creio que respondi a essa pergunta quando falei sobre graça geral e graça especial. Mas devo acrescentar algo. Sem dúvida, o Senhor Jesus, como Cordeiro de Deus, é tanto o “mediador da aliança” como também o “mediador da criação”, do universo e da igreja (Cl 1.16-20). Sol e chuva, vida e felicidade em geral, são bênçãos gerais possíveis pela morte do Cordeiro. Paulo fala, por exemplo, que Deus “havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus” (Cl 1.20). “Apaziguou” a criação rebelada.

Porém essa “graça comum” somente ameniza os efeitos do pecado, mas não tira a culpa do pecado. Ou será, quem sabe, no fim, uma chegada segura para todo o mundo, uma anistia geral? Uma salvação universal, como o universalismo ensina? Eu queria, tu querias... que fosse verdade! Mas, infelizmente, é outra mentira do enganador (Ap 20.10).

Infelizmente, o inferno existe e não estará vazio. Há quem vai passar do ponto... (Lc 12.5; Ap 20.15). Mas hoje ainda é dia de salvação! (2 Co 6.2).

Fonte: Ultimato

0 comentários:

Postar um comentário

Sua leitura deste post muito me honrou. Fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. A única exigência é que seja mantido o clima de respeito e cordialidade que caracteriza este blog.