Já tem uma conta?

Translate this blog

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons nas seguintes condições: você pode copiar, distribuir e utilizar livremente, desde que cite a autoria com link para o artigo neste blog, não o utilize com finalidade comercial e não faça modificações no conteúdo.

29 julho 2008

O Credo dos Apóstolos - Artigo 1



1. Creio em Deus Pai Todo-Poderoso, Criador do Céu e da Terra

"De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam" Hb 11:6

Crer em Deus não é apenas acreditar na existência de dEle, é confiar nEle, alegrar-se nEle e saber que a vida só encontra sentido no elevado propósito de glorificá-lo. Crer em Deus é admitir que Ele é a causa primeira e o sustentador de todas as coisas visíveis e invisíveis. Crer que Ele é Deus é confessar que Ele é o Soberano do Universo e qualquer limitação a Ele atribuída implica roubar-lhe a glória da divindade.

Crer em Deus Todo-Poderoso, é assumir que Ele faz tudo o quer e que tudo o que quer faz. É pregar que Ele é soberano em vontade e poder e ensinar que a vontade do homem não pode vetar Sua vontade e que nem todos os poderes da terra e do inferno juntos podem impedir que Ele faça o que planejou fazer.

Crer em Deus Criador do céu e da terra é reconhecer que a ordem natural e as criaturas morais foram feitas pela e de acordo com a livre vontade do Senhor. É reconhecer o Seu direito de oleiro, de dispor de Sua obra conforme bem lhe parecer. É admitir que este mundo tem um propósito e que Deus o está levando infalivelmente a esse fim, de modo que Ele receba toda glória que lhe é devida.

Enfim, crer em Deus Todo-Poderoso e Criador do céu e da terra é reconhecer a verdade bíblica de que "de eternidade a eternidade, Tu és Deus" (Sl 90:2).

4 comentários:

(-V-) disse...

Então nos resta a pergunta:

Será que você realmente crê em Deus? Ou criou um deus próprio para você se safar do inferno?

Paul Washer afirma que domingo de manhã é a hora de maior idolatria nos EUA, pois as pessoas não adoram ao Deus bíblico, mas a um deus criado pela suas próprias mentes, um deus que agrade seu ego.

Temo que o mesmo seja verdade nos domingos à noite no Brasil.

Então o que faremos?
"Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor” [Oséias 6: 3a]

Adoremos verdadeiramente a YHWH, o Deus único trino e verdadeiro.

No Amor e na Verdade que nos une,
Vini
(-V-)

Clóvis disse...

Vinícios,

De fato, creio que importa, além de questionarmos a nossa adoração também o objeto de adoração.

Creio que para muitas pessoas Deus é um vovô bonachão, que não tem força ou vontade de contrariar os seus netos mal-comportados.

(-V-) disse...

É ViníciUs :P

Fica trnauqilo, mas me desculpe. Realmente não gosto do meu nome com o.

^^

abraços...

Clóvis disse...

Vinícius,

Está anotado. E obrigado pelo toque. Também fico chateado, principalmente ao fone, quando me chamam de Claudio.

Postar um comentário

Sua leitura deste post muito me honrou. Fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. A única exigência é que seja mantido o clima de respeito e cordialidade que caracteriza este blog.