Já tem uma conta?

Translate this blog

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons nas seguintes condições: você pode copiar, distribuir e utilizar livremente, desde que cite a autoria com link para o artigo neste blog, não o utilize com finalidade comercial e não faça modificações no conteúdo.

04 dezembro 2008

A predestinação

Ev. Isaías de Jesus*

Dentro do contexto bíblico, que estamos estudando, a Predestinação é simplesmente um ponto específico deste plano de Deus. O nosso Deus é soberano e não existe uma área sequer do universo, da nossa vida e existência, que não esteja sob esta soberania e regência, inclusive a questão da salvação de almas.

A. Definição:

Poderíamos definir a Predestinação como sendo:

O aspecto da pré-ordenação de Deus, através do qual a salvação do crente é considerada efetuada de acordo com a vontade de Deus, que o chamou e o elegeu em Cristo, para a vida eterna, sendo a sua aceitação VOLUNTÁRIA, da pessoa e do sacrifício de Cristo, uma CONSEQUÊNCIA desta eleição e do trabalho do Espírito Santo, que efetiva esta eleição, tocando em seu coração e abrindo-lhe os olhos para as coisas espirituais.

B. A Fonte da Predestinação:

É a Soberana Vontade de Deus. No capítulo 6 do Evangelho de João, temos três versículos pertinentes: 37 – “Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora”; 44 – “Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia”; e 65 – “E prosseguiu: Por causa disto, é que vos tenho dito: ninguém poderá vir a mim, se, pelo Pai, não lhe for concedido” (veja também – Ef 1.4, 5 e 11; Rm 9.11, 16).

C. A Causa da Predestinação:

É a misericórdia infinita de Deus e a manifestação de sua glória. Rm 9.23 diz – “... a fim de que também desse a conhecer as riquezas da sua glória em vasos de misericórdia, que para glória preparou de antemão” (veja também – Rm 11.33; Ef 1.6 e Jo 3.16).

D. Os Objetos da Predestinação:

Pessoas pecadoras. Note Jo 1.12 e 13 – “ Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus” (veja também esses versos, todos em João – 5.21; 6.65; 10.26 e 27; 12.37-41; 15.16; 17.6-8).

* Evangelista da Igreja Evangélica Assembléia de Deus Min. Belém de Dourados.
In: http://rxisaias.blogspot.com/2008/10/soberania-de-deus-e-o-livre-arbtrio.html

8 comentários:

Ednaldo disse...

Paz Clóvis,

Gostei muito de teres partilhado conosco esse artigo do Ev isaias. Ele conseguiu captar, concisa e profundamente o conceito de predestinação.

Em Cristo,

Ednaldo.

(-V-) disse...

Oo

Fiquei abismado ao ler sobre o autor da mensagem. E mais abismado ainda ao ler o resto do texto.
Mas não sei o que me causa espanto, porque eu também deveria espantar-me comigo mesmo.
Realmente, Ele é Soberano.

ps: alguém manda para o Cleber?

Anonymous disse...

Clovis esse irmão Ev.Isaias sintetizou muito bem a doutrina da predestinação, que é a doutrina que mais eleva a Deus e põe o homem no seu devido lugar o receptor da graça de Deus. E ainda ele é pentecostal o que colabora em muito para que as doutrinas da graça venha a transformar muitas denominações pentecostais e saiam do seu humanismo arminio/semipelagiano

Paz seja contigo irmão, que Deus te abençõe.

Franciney Rodrigues da Silva.

Clóvis disse...

Ednaldo,

Exatamente. Topei com esse texto num site sobre escola dominical e não tive dúvidas: chupei-o para cá. Dividi em duas partes, logo postarei o que ele disse sobre o livre-arbítrio, mas quem não quiser esperar pode ler no link indicado.

Em Cristo,

Clóvis

Clóvis disse...

Vini,

Chega ser triste quando um ministro do evangelho reconhecer e expressar a verdade do evangelho nos deixa abismado. Revela o quanto estamos distanciados da Bíblia.

Creio que o Cleber eventualmente visita este blog, então ele deverá tomar conhecimento. Mas imagino a reação dele: maneará a cabeça e dirá "mais um influenciado pela literatura e retórica calvinista...".

Como você diz, voltemos juntos aos evangelho!

Em Cristo,

Clóvis

Clóvis disse...

Franciney,

É fato. Quando penso nos pentecostais que aceitam as doutrinas da Reforma, que nada mais são que as doutrinas da graça revelada na Bíblia, lembro-me de Paulo citando Isaías "reservei sete mil...".

Em Cristo,

Clóvis

Ednaldo disse...

Vini, fica abismado não rapaz, porque como diz as Escrituras:

"Vede, ó desprezadores, e espantai-vos e desaparecei; Porque opero uma obra em vossos dias, Obra tal que não crereis, se alguém vo-la contar." (Atos 13:41)

Não é a toa que as doutrinas da Graça estão voltando, é Deus operando e mostrando que continua Soberano. Não deve ser algo para nos orgulharmos como que dizendo 'o calvinismo está vencendo", mas sim, nos alegrar-mos por estamos "Voltando ao Evangelho", como escreveu Habacuque "Aviva Senhor a tua obra no meio dos séculos".

A Ele a Honra, a Glória e o Louvor, agora e eternamente. AMÉM.

Ednaldo

(-V-) disse...

Amém e Amém

Postar um comentário

Sua leitura deste post muito me honrou. Fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. A única exigência é que seja mantido o clima de respeito e cordialidade que caracteriza este blog.