Já tem uma conta?

Translate this blog

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons nas seguintes condições: você pode copiar, distribuir e utilizar livremente, desde que cite a autoria com link para o artigo neste blog, não o utilize com finalidade comercial e não faça modificações no conteúdo.

29 abril 2009

Ladainhas triunfalistas

Perdoem-me, mas não vendo a minha alma a um cristo que cumpra todos os meus desejos. Seria um cristo pequeno demais, manipulável, e fraco. Mesmo não havendo milagres, mesmo não havendo prosperidade, mesmo não havendo saúde. Desejo que a Verdadeira Videira continue a me alimentar. E se necessário for podar-me para que eu venha crescer ainda mais ao seu lado, brado como bem escreveu Stott: “A dolorosa tesoura de podar está em mãos seguras”. Engana-se quem acha que esta tesoura foi aposentada em 2009.

Vitor Hugo da Silva
In: A mesma ladainha triunfalista de sempre

4 comentários:

Sinézia Melo disse...

Ótimo o seu post! Pois o que mais vemos hoje é um evangelho de facilidades, esquecem da cruz. Seu blog é uma benção! Que Deus continue te iluminando. Fica na paz...

Clóvis disse...

Sinézia,

Obrigado pela sua visita e pelo incentivo.

Soli Deo Gloria

Clóvis

Aldair R. Rios disse...

O Senhor ainda é o mesmo, Santíssimo. Que Deus tenha misericórdia da nossa geração.

Deus Continue te abençoando Clóvis e quando puder visite o meu blog.http://reformaparaosnossosdias.blogspot.com

Graça e paz

Clóvis disse...

Aldair,

Paz seja contigo. Posso agora e estou visitando seu blog, mais uma vez.

Soli Deo Gloria,

Clovis

Postar um comentário

Sua leitura deste post muito me honrou. Fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. A única exigência é que seja mantido o clima de respeito e cordialidade que caracteriza este blog.