Já tem uma conta?

Translate this blog

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons nas seguintes condições: você pode copiar, distribuir e utilizar livremente, desde que cite a autoria com link para o artigo neste blog, não o utilize com finalidade comercial e não faça modificações no conteúdo.

03 janeiro 2010

Cânones de Dort - Domingo 1

O Direito de Deus de Condenar Todas as Pessoas

Desde que todas as pessoas têm pecado em Adão e estão sob a sentença de maldição e morte eterna, Deus não cometeria injustiça contra ninguém se fosse sua vontade deixar toda a raça humana em pecado e debaixo de maldição, e condená-la por causa do seu pecado. Como diz o apóstolo: todo o mundo seja condenável diante de Deus (Rm.3:19), Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus (Rm.3:23), e porque o salário do pecado é a morte (Rm.6:23).

Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram. Rm 5:12

Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus. Rm 3:19

Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus, Rm 3:23

Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. Rm 6:23

Leia o próximo artigo da série:

2. A manifestação do amor de Deus

6 comentários:

Clóvis disse...

Em 2009, para a glória de Deus, publicamos os 52 artigos da Confissão de Fé de Heidelberg.

Em 2010, com a graça de Deus, publicaremos os Cânones de Dort, um ou dois por domingo. Que todos possam tirar proveito e descobrir qual é a resposta calvinista aos artigos da remontrância (arminianismo).

Em Cristo,

Clóvis

Paulo Sardinha. disse...

Clóvis gostei muito da nova aparência do blog; dei uma sumida por que estou passando pela "ARRUMAÇÃO DA MENTE"...

abraços

Wagner disse...

Clóvis,

Terei o máximo prazer em acompanhar a exposição dos artigos de Dort e comentá-los , procurando obter e trocar conhecimento.

Deus é justo (a todos e por todos, lida com a justiça), e sendo da Sua expressa e soberana vontade, porque o pecado entrou no mundo por Adão, é meu entendimento que poderia Ele aplicar a condenação eterna a todos. Os versículos indicados por si só explicam tal afirmação do Cânone.

Em Cristo

Wagner Santana

Clóvis disse...

Wagner,

Com certeza ceremos edificados com seus comentários.

O que muitos não entendem, quando acusam Deus de ser injustamente parcial, é que todos os homens estavam sob condenação e Deus não tinha nenhuma obrigação de salvar quem quer que seja. Sendo assim, se Ele salva apenas um, não seria mais injusto do que se condenasse a todos, pelo contrário, seria misericordioso pois nem mesmo aquele um merecia ser salvo.

Se salvação a todos, tampouco seria injusto, pois a morte de Cristo é de valor suficiente para salvar a todos. Porém, a verdade é que, estando todos perdidos, Deus não é injusto se resolve condenar a todos, se decide salvar apenas um, se escolhe poucos ou meuitos para salvar ou se salva a todos.

Sabemos que ele salva a muitos, sendo que nenhum deles merecia ou podiar salvar-se.

Glória a Deus por isso.

Em Cristo,

Clóvis

Clóvis disse...

Paulo,

Seja sempre bem vindo.

Em Cristo,

Clóvis

Clóvis disse...

Irmãos,

Pelamorderuibarbosa façam de conta que não viram o "ceremos" do comentário acima, pensei que seus olhos que os enganaram e que na verdade eu escrevi "seremos".

Em Cristo,

Clóvis

Postar um comentário

Sua leitura deste post muito me honrou. Fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. A única exigência é que seja mantido o clima de respeito e cordialidade que caracteriza este blog.