Já tem uma conta?

Translate this blog

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons nas seguintes condições: você pode copiar, distribuir e utilizar livremente, desde que cite a autoria com link para o artigo neste blog, não o utilize com finalidade comercial e não faça modificações no conteúdo.

04 dezembro 2010

Pode o regenerado ser apagado do Livro da Vida?


O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de Meu Pai e diante dos Seus anjos. Ap 3:5

O fim do ano está próximo. Finais nos fazem ponderar sobre persistência. Nós conseguimos chegar ao fim de mais um ano (quase). Conseguiremos chegar a outro? Mais importante: Iremos perseverar, como Jesus diz, até o fim e então seremos salvos (Marcos 13:13)? Perseverança é uma promessa e um presente precioso. Não sem lutas. Mas nós lutamos como vitoriosos. Assim eu gostaria de te encorajar aqui no final do ano a combater o bom combate novamente, e ter profunda confiança que Deus não vai apagar seu nome do livro da vida.

A preciosa verdade bíblica que os santos irão perseverar na fé até o fim e serão salvos sofre implacável oposição, geração após geração. Apesar disso a verdade prevalece, descansada firmemente na soberana fidelidade de Deus para completar a salvação de seu eleito. Ele planejou-a [a salvação] na eternidade, comprou-a com a morte de Cristo na cruz, e está colocando-a em prática através do Espírito Santo.

Romanos 8:30 diz, "[Aqueles] aos que justificou, a estes ele também glorificou." Em outras palavras, entre o evento da justificação pela fé no começo da nossa vida cristã, e o evento da glorificação e ressurreição de nossos corpos (Filipenses 3:21), não haverão desistências, resgates ou expulsões. "Aqueles aos que justificou, ele também glorificou" - todos eles. Deus guardará e também santificará aqueles que ele justificou e assegurará que eles mantenham-se na fé e perseverem até o fim e sejam salvos.

1 João 2:19 descreve como deveríamos entender as aparentes desistências: "Eles saíram de nosso meio; entretanto, não eram dos nossos; porque, se tivessem sido dos nossos, teriam permanecido conosco; todavia, eles se foram para que ficasse manifesto que nenhum deles é dos nossos." Em outras palavras, a falha em perseverar não é um sinal que você pode ser verdadeiramente nascido de novo e justificado e então se perder. Antes a falha na perseverança é um sinal que você nunca foi verdadeiramente parte do povo regenerado de Deus. Este é o ponto explícito de 1 João 2:19.

Apesar disso, existem textos que têem persuadido alguns a rejeitarem esse ensinamento. O texto que estou considerando aqui é Apocalipse 3:5 onde o Senhor Jesus diz, "O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de Meu Pai e diante dos Seus anjos."

Alguns dizem que esse é um texto indiscutível contra a doutrina da perseverança dos santos. Eles assumem que quando Apocalipse 3:5 diz que Deus não irá apagar o nome de um indivíduo do livro da vida, isso implica que ele apague outros do livro da vida, e que essas são as pessoas que foram uma vez justificados e então mais tarde foram condenadas. Mas seria isso uma suposição verdadeira?

A promessa "Eu não apagarei seu nome do livro da vida", não necessariamente implica que alguns têem seus nomes apagados. Ela somente diz ao que está no livro e vence na fé: Eu nunca irei eliminar seu nome. Em outras palavras, ser apagado é um prospecto temeroso que Eu não permitirei que aconteça. Eu vou mantê-lo seguro no livro. Essa é uma promessa feita àqueles que perseveram e vencem. Ela não diz que aqueles que falharam na luta e se desviaram de Cristo estavam escritos no livro e foram apagados.

De fato, existem dois outros versos em Apocalipse que parecem ensinar que ter seu nome escrito no livro da vida significa que você vai perseverar e vencer. Considere Apocalipse 13:8. "E todos os que habitam sobre a terra irão adorá-la [a besta], todo aquele cujo nome não foi escrito desde a fundação do mundo no livro da vida do Cordeiro que foi morto." Esse verso implica que aqueles cujos nomes estão escritos no livro da vida do Cordeiro "desde a fundação do mundo" definitivamente não irão adorar a besta. Em outras palavras, ter nosso nome no livro da vida desde a fundação do mundo parece significar que Deus vai guarda-lo de cair e vai conceder que você permaneça fiel a Deus. Estar no livro significa que você não irá apostatar.

Semelhantemente considere Apocalipse 17:8, "A besta que viste era e já não é; todavia está para subir do abismo, e vai-se para a perdição; e os que habitam sobre a terra e cujos nomes não estão escritos no livro da vida desde a fundação do mundo se admirarão, quando virem a besta que era e já não é, e que tornará a vir." De novo, ter o nome de alguém escrito no livro da vida desde a fundação do mundo aparenta proteger esse alguém de "admirar-se" da besta. Aqueles cujos nomes não estão escritos no livro da vida desde a fundação do mundo irão se maravilhar. Se seu nome está escrito lá, você não se maravilhará da besta.

O ensino aqui é que ter o nome de alguém escrito no livro da vida é eficaz. Ou seja, isso tem um efeito que define as ações dessa pessoa. Ter seu nome escrito no livro da vida do Cordeiro desde a fundação do mundo garante que você não irá adorar ou maravilhar-se da besta. João não diz, "Se você adorar a besta, seu nome é apagado." Ele diz, "Se seu nome está escrito, você não irá adorar a besta."

Isso se completa com Apocalipse 3:5, "O que vencer... Eu não riscarei o seu nome do livro da vida." A vitória requerida em 3:5 é garantida em 13:8 e 17:8. Isso não é uma contradição tanto quanto quando Paulo diz, "Desenvolvei vossa salvação... Porque Deus é o que efetua em vos tanto o querer como o realizar, segundo sua boa vontade" (Filipenses 2:12-13). Não é uma coisa sem sentido declarar a condição: se você vencer, Deus não apagará seu nome (3:5); e declarar a garantia: se seu nome está escrito, você vencerá (13:8 e 17:8). Os "inscritos" de Deus realmente querem vencer, e realmente irão. Um lado realça nossa responsabilidade; o outro realça a soberania de Deus.

O impacto prático dessa verdade não é que façamos pouco caso da fé, do amor e da santidade. Há necessidade de vigilância (Hebreus 3:12) e esforço (Lucas 13:24) e busca (Hebreus 12:14) na vida cristã. Antes, o impacto é que descansemos na garantia que não fomos deixados à nossa própria sorte nessa "luta da fé". O Deus que te chamou é fiel para "vos confirmar também até o fim, para serdes irrepreensíveis no dia de nosso Senhor Jesus Cristo" (1 Coríntios 1:8). "Fiel é o que vos chama, o qual também o fará [santos]" (1 Tessalonicenses 5:24). Ele irá completar a salvação que começou (Filipenses 1:6). Nós somos guardados pelo poder de Deus (1 Pedro 1:5). Devemos lutar, porque só aqueles que perseverarem serão salvos (Marcos 13:13). E lutas nós desejamos, porque Deus nos aperfeiçoa em todo o bem, para cumprir sua vontade (Hebreus 13:21).

John Piper
In: Pode o regenerado ser apagado do Livro da Vida?

PS.: Leia também meu artigo Quando o Livro da Vida foi escrito?

1 comentários:

Clóvis Gonçalves disse...

Comentário de teste.

Postar um comentário

Sua leitura deste post muito me honrou. Fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. A única exigência é que seja mantido o clima de respeito e cordialidade que caracteriza este blog.